Skip to content

Clínicos

Taxa de Resposta no Fígado

A Taxa de Resposta Objetiva (Objective Response Rate - ORR) no fígado é um Objetivo Secundário Medido do estudo SIRFLOX. Em comparação com a quimioterapia sozinha, o tratamento com microesferas de resina SIR-Spheres® Y-90 em combinação com a quimioterapia de primeira linha demonstrou um aumento significativo de 9,9% na ORR no fígado e uma melhoria de três vezes na taxa de resposta completa (Complete Response Rate - CR) no fígado.1

Chart


Escute o Dr. Peter Gibbs discutindo a taxa de resposta do fígado e a taxa de ressecção nos pacientes tratados com as microsferas de resina SIR-Spheres Y-90 no Estudo SIRFLOX.

Principais comentários e conclusões do Dr. Gibbs:

  • O Dr. Gibbs observa que a taxa de ressecção variou entre locais do estudo SIRFLOX. Porém, ele observou que para uma população de estudo com doença irressecável no fígado, uma taxa de resseção de 14% é bem alta. Ele acredita que essa taxa de resseção maior que a normal pode ser uma função do protocolo do estudo, o qual exige que os pacientes sejam continuamente examinados e considerados para resseção do fígado.
  • Os cirurgiões de fígado parecem relutar em operar pacientes tratados com Radioterapia Interna Seletiva (SIRT), mas o Dr. Gibbs espera que eventualmente os cirurgiões percebam que é seguro operar esses pacientes. A política do Dr. Gibbs é não operar no prazo de seis meses do tratamento com SIRT, só para o caso de o dano em curso do procedimento SIRT comprometer a cirurgia.
  • Além da possível relutância do cirurgião em operar, o Dr. Gibbs também destaca que houve uma significativa taxa de Resposta Completa (CR) do fígado de 6% entre os pacientes do SIRFLOX que receberam as microsferas de resina SIR-Spheres Y-90 em combinação com quimioterapia de primeira linha. Em caso de CR, o Dr. Gibbs prefere esperar para a resseção desses pacientes, pois esses efeitos do tratamento são frequentemente duráveis.

Ouça o Dr. David Liu discutindo a taxa de resseção do fígado após o tratamento com microsferas de resina SIR-Spheres Y-90.

Principais comentários e conclusões do Dr. Liu:

  • O Dr. Liu observa que um grande estudo retrospectivo recente chamado P4S* (Estudo de cirurgia após SIR-Spheres), que discute a segurança da cirurgia após o tratamento com microsferas de resina SIR-Spheres Y-90, pode ajudar a reduzir o receio dos cirurgiões de operar em pacientes apropriados após a SIRT.

*Pardo F et al. Annual Americas Hepato-Pancreato-Biliary Congress 2015; S1 (suppl): Abs MO-B.02


Pacientes com carga tumoral hepática menor (≤12%) na entrada do estudo tinham uma probabilidade de mais de seis vezes maior de experimentar uma resposta completa ou desaparecimento de todos os tumores do fígado após as microsferas de resina SIR-Spheres Y-90 em comparação com aqueles que receberam somente quimioterapia (11,3% vs.1,7%; p=0,003).2

Chart

bev*: bevacizumab (bevacizumab permitido a critério do pesquisador, de acordo com as práticas institucionais)
Nenhuma melhoria estatisticamente significativa do PFS em nenhum local

1. van Hazel GA et al. J Clin Oncol 2016; 34: 1723–1731.
2. Heinemann V et al. ESMO WCGIC, Annals of Oncology 2016; 27 (Suppl 2): Abs. O-014.